PORTO DE LUANDA

Produtos sem licença proibidos de entrar
A entrada no Porto de Luanda de produtos importados sem o devido licenciamento cria constrangimentos ao funcionamento dos serviços do Comércio, Alfândegas e bancos, disse a ministra Rosa Pacavira (na foto).

A ministra do Comércio, que falou à imprensa no final de encontro que manteve com representantes de bancos comerciais e Associação dos Distribuidores, acrescentou que o seu contacto com os parceiros da cadeia de importação e exportação visou encontrar medidas para se ultrapassar alguns constrangimentos relativos ao licenciamento de produtos importados.

Rosa Pacavira disse que muitos importadores estão num total desrespeito à Lei das Actividades Comerciais, porque importam produtos que chegam ao Porto de Luanda sem cumprir as orientações do Ministério do Comércio, nomeadamente o licenciamento das mercadorias antes de chegarem ao país. “Os produtos que continuarem a entrar em Angola sem estarem licenciados, como medida disciplinar podem ser revertidos para os programas sociais existentes no país”, alertou a ministra. 

Apesar de haver um aumento significativo da produção nacional, como de hortofrutícolas e bebidas, que já regista excedentes, ainda se importa grandes quantidades de produtos diversos. Os Ministérios do Comércio e da Agricultura trabalham em conjunto para identificar as áreas agricultáveis para serem disponibilizadas aos agricultores nacionais e estrangeiros, com vista a produzirem em Angola a farinha de trigo e não só. “O país adoptou um sistema de quotas de importação que entra em vigor a partir do mês de Março”, destacou Rosa Pacavira.

Neste momento, o Banco Nacional de Angola (BNA) está a disponibilizar remessas de forma gradual para os bancos comerciais, a fim de fazerem pagamento aos importadores de produtos alimentares e medicamentos. O presidente do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Paixão Júnior, realçou que os empresários que pretendem importar bens alimentares, medicamentos e outros de apoio às empresas ligadas ao sector petrolífero, têm prioridade na aquisição de divisas, já que constam das prioridades definidas pelo Banco Central.
Paixão Júnior realçou que a aquisição de divisas deixou de ser por leilão e passou a ser por via directa, isto é, através dos bancos comerciais, tendo em conta as prioridades traçadas pelos bancos.

fonte



Data: 2015-02-22

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • À busca de um fim para a ?maldição dos recursos naturais em África?

    África é um continente rico em recursos naturais
    Ler mais...
  • Políticos de peso na UNITA com Adalberto Costa Júnior

    Figuras de proa da UNITA como José Samuel Chiwale, Ernesto Mulato, Eugénio Ngolo "Manuvakola", Mártires Correia Victor, Isaías Chitombi, Demóstenes Chilingutila e Jardo Muekália constam numa lista de 128 dirigentes e quadros que assinaram um manifesto de apoio ao deputado Adalberto Costa Júnior como próximo presidente do partido
    Ler mais...
  • Empresas de referência alienadas fora da Bolsa

    Cerca de metade das 32 empresas públicas de referência inseridas no Programa de Privatizações (Propriv), em curso no país, vão ser alienadas por via de concurso público, por não reunirem os requisitos necessários para serem transaccionadas na Bolsa de Valores
    Ler mais...
  • Netanyahu pede a Gantz para formar governo de unidade nacional em Israel

    O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, pediu hoje ao seu rival Benny Gantz para formar um governo de unidade nacional, dois dias após as eleições legislativas
    Ler mais...
  • Morreu Zine El Abidine Ben Ali, antigo Presidente da Tunísia deposto em 2011

    O antigo ditador da Tunísia, Zine El Abidine Ben Ali, deposto na Revolução de Jasmim de 2011, morreu hoje no exílio na Arábia Saudita, aos 83 anos, anunciou o seu advogado
    Ler mais...
  • Governo guineense muda regras de atribuição de passaportes para recuperar "credibilidade" do país

    O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Guiné-Bissau anunciou hoje, medidas adicionais para a atribuição de passaportes diplomáticos e de serviço e suspendeu a nomeação de cônsules honorários para recuperar a "credibilidade interna e externa" do país
    Ler mais...
  • Tribunal de Comarca tem novos magistrados

    O primeiro Tribunal de Comarca do Dande, na vila de Caxito (Bengo), conta desde hoje com doze novos magistrados do Ministério Público, perfazendo assim um total de 25
    Ler mais...
  • Casos de tentativa de suicídios envolvem muitas crianças

    Cerca de dez casos de tentativas de suicídios são registados mensalmente, no Hospital Psiquiátrico de Luanda, envolvendo adultos e crianças menores de 10 anos, deu a conhecer ao Jornal de Angola, o psicólogo clínico e psicanalista, Adriano Faustino
    Ler mais...
  • Fitch projecta trajectória descendente para a dívida

    A agência de notação financeira Fitch projecta uma trajectória descendente da dívida pública angolana entre 2020 e 2028, caindo do pico de 83,8 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) este ano
    Ler mais...
  • Angola apoia Portugal na presidência da União Europeia

    O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, anunciou hoje em Luanda que Angola vai apoiar Portugal durante a sua presidência na União Europeia, que começa no primeiro semestre de 2021
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais