PORTO DE LUANDA

Produtos sem licença proibidos de entrar
A entrada no Porto de Luanda de produtos importados sem o devido licenciamento cria constrangimentos ao funcionamento dos serviços do Comércio, Alfândegas e bancos, disse a ministra Rosa Pacavira (na foto).

A ministra do Comércio, que falou à imprensa no final de encontro que manteve com representantes de bancos comerciais e Associação dos Distribuidores, acrescentou que o seu contacto com os parceiros da cadeia de importação e exportação visou encontrar medidas para se ultrapassar alguns constrangimentos relativos ao licenciamento de produtos importados.

Rosa Pacavira disse que muitos importadores estão num total desrespeito à Lei das Actividades Comerciais, porque importam produtos que chegam ao Porto de Luanda sem cumprir as orientações do Ministério do Comércio, nomeadamente o licenciamento das mercadorias antes de chegarem ao país. “Os produtos que continuarem a entrar em Angola sem estarem licenciados, como medida disciplinar podem ser revertidos para os programas sociais existentes no país”, alertou a ministra. 

Apesar de haver um aumento significativo da produção nacional, como de hortofrutícolas e bebidas, que já regista excedentes, ainda se importa grandes quantidades de produtos diversos. Os Ministérios do Comércio e da Agricultura trabalham em conjunto para identificar as áreas agricultáveis para serem disponibilizadas aos agricultores nacionais e estrangeiros, com vista a produzirem em Angola a farinha de trigo e não só. “O país adoptou um sistema de quotas de importação que entra em vigor a partir do mês de Março”, destacou Rosa Pacavira.

Neste momento, o Banco Nacional de Angola (BNA) está a disponibilizar remessas de forma gradual para os bancos comerciais, a fim de fazerem pagamento aos importadores de produtos alimentares e medicamentos. O presidente do Conselho de Administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), Paixão Júnior, realçou que os empresários que pretendem importar bens alimentares, medicamentos e outros de apoio às empresas ligadas ao sector petrolífero, têm prioridade na aquisição de divisas, já que constam das prioridades definidas pelo Banco Central.
Paixão Júnior realçou que a aquisição de divisas deixou de ser por leilão e passou a ser por via directa, isto é, através dos bancos comerciais, tendo em conta as prioridades traçadas pelos bancos.

fonte



Data: 2015-02-22

EPL NET

Newsletter

Código de Ética

Logo do PDF

Breves

  • Filipe Nyusi acusa ?falsos empresários?

    O Presidente moçambicano, Filipe Nyusi, disse hoje que os grupos armados que têm protagonizado ataques em Cabo Delgado, no norte do país, são financiados por falsos empresários, alguns do quais já estão presos
    Ler mais...
  • China decreta tolerância zero a casos de corrupção

    As autoridades chinesas decretaram hoje "tolerância zero" para casos de corrupção que envolvem empresas nacionais nas infra-estruturas construídas no âmbito da iniciativa "Uma Faixa, Uma Rota", mas não avançaram com os resultados da fiscalização
    Ler mais...
  • Mal nutrição afecta centenas de crianças

    Pelo menos 539 crianças com mal nutrição foram internadas, durante o primeiro semestre deste ano, na Unidade Especial de Nutrição do Hospital Geral do Bié, das quais 419 já tiveram alta, segundo a chefe daquela unidade hospitalar
    Ler mais...
  • PR rende homenagem aos reis do antigo Reino do Congo

    O Presidente da República, João Lourenço, homenageou hoje, na cidade Mbanza Kongo, província do Zaire, os reis do antigo Reino do Congo, considerando que a ocasião se traduz "no respeito pela cultura e tradição africana"
    Ler mais...
  • Ministros da CPLP reúnem-se amanhã em Mindelo

    O ministro das Relações Exteriores, Manuel Augusto, participa amanhã , em Mindelo, Ilha de São Vicente (Cabo Verde), na XXIV reunião ordinária do Conselho de Ministros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP)
    Ler mais...
  • Bancos têm liquidez para movimentar contas em divisas

    O governador do Banco Nacional de Angola (BNA) considerou ontem que os bancos comerciais têm liquidez em moeda estrangeira suficiente para cumprir os prazos e outros parâmetros previstos nas normas que, na sexta-feira, autorizaram a movimentação de contas em divisas
    Ler mais...
  • Câmara dos Representantes condena ?comentários racistas?

    A Câmara dos Representantes dos Estados Unidos aprovou na terça-feira uma moção na qual condena o Presidente Donald Trump pelos ?comentários racistas? dirigidos a quatro mulheres congressistas, sugerindo-lhes que ?regressassem aos seus países de origem?
    Ler mais...
  • Comboio faz viagem turística para Angola

    Cerca de 50 turistas de várias nacionalidades seguem a bordo do primeiro comboio de luxo do operador turístico sul-africano ?Rovos Rail?, que partiu de Dar Es Salaam, na Tanzânia, dia 14 de Julho, com destino a Angola, no âmbito de um safari de comboio transafricano denominado ?Os dois oceanos?, apurou ontem a Angop
    Ler mais...
  • Comité de Defesa vai reunir em Lusaka

    Angola participa, a partir de amanhã, em Lusaka (Zâmbia), na reunião do Comité Ministerial do Órgão de Cooperação Política, Defesa e Segurança da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC)
    Ler mais...
  • Testemunha confirma valores movimentados

    O director-geral do Conselho Nacional de Carregadores (CNC), Catarino de Fontes Pereira, revelou ontem em tribunal que aquela instituição tutelada pelo Ministério dos Transportes arrecadou 77
    Ler mais...

Multimédia

Porto de Luanda - 70 Anos

70 Anos do Porto de Luanda
VII Congresso da APLOP

RÁDIOS
Porto de Luanda recebe o maior navio de sempre na sua história
Porto de Luanda ganha novos equipamentos
Welcome to Angola
MARÉS
saber mais
LONGITUDE: 8º 45 S
LATITUDE: 13º 14 E


Publicidade
Todos os direitos reservados © 2015 Porto de Luanda
Plataforma de Gestão de Conteúdos Astrolábio

Porto de Luanda E.P
Largo 4 de Fevereiro
CX Postal 1224-C1-Angolaredes sociais